News

24 Mar 2017

Mais da metade dos internautas brasileiros pula publicidade em vídeo, aponta pesquisa.

Publicidade

As tendências para futuro apontam a predominância do audiovisual no mundo da web. Atualmente, 65% tráfego de internet é de vídeo – de acordo com a Cisco, a previsão é que esse número aumente para 80% até 2019. 


Em uma pesquisa realizada pela MindMiners, a pedido do Meio e Mensagem, é confirmada a preferência pelo formato. Foi constatado que o consumo de vídeos atinge todas as gerações, desde os mais jovens até os mais velhos, e cada faixa etária tem o seu tipo conteúdo favorito.  Entre as preferências de acesso dos internautas, o smartphone lidera o ranking com 90%, seguido do Notebook (53%), Desktop (36%), Tablet (23%) e outros (8%). 


As redes sociais utilizadas pelos internautas entrevistados também seguem uma tendência: o Youtube é o preferido de todos os perfis, com 95% de aprovação. Já o Facebook, sites e Instagram ficaram com 65%, 40% e 34%, respectivamente, no ranking de preferência. 


Um outro dado curioso é que os entrevistados, em sua maioria, se incomodam com a publicidade em formato de vídeo. 63% dos internautas afirmaram pular esse tipo de anúncio. Questionados sobre o tipo de abordagem que os chamaria a atenção, foi levantado a importância de esses formatos serem divertidos e educativos.